VOUZELA, 21 de Fevereiro de 2024
PUBLICIDADE

A solidariedade em tempos de pandemia

5 de Março 2021

O projecto Amores da Clara continua a sensibilizar a comunidade e o seu reconhecimento já ultrapassou os limites do concelho e da região. Há mais de duas décadas que Clara Simões, residente em Paços de Vilharigues, acolhe animais em risco e abandonados para lhes dar uma vida feliz e cheia de amor.

Actualmente, acolhe cerca de 100 animais: 70 cães, todos vacinados e com chip, e perto de 30 gatos. Ter tantos ‘bichinhos’ ao seu cuidado não é tarefa fácil. A rotina começa por volta das 6 da manhã, todos os dias do ano, sem folgas. Além da ração – dez quilos por dia -, é preciso confeccionar as duas grandes panelas de trinca de arroz com carne e higienizar o espaço, o que acontece duas vezes por dia. E tudo isto conciliado com a actividade profissional que Clara Simões desempenha no Tribunal de Viseu.

O trabalho que é realizado por esta vouzelense chamou a atenção da Latidos e Galopes. Com sede em Viseu, a empresa, que é representante em Portugal da marca MOS Naturalfood, ligada ao sector de alimentação para animais, decidiu visitar as instalações e deixar um contributo: cerca de 80 quilos de ração.

“Tendo em conta o nosso slogan ‘Não é a raça, é como se cria’, e ao abrigo da responsabilidade social que defendemos, a MOS Portugal decidiu apoiar esta causa e, simultaneamente, reconhecer o trabalho louvável que é feito pela dona Clara”, explicou a empresa, fazendo um apelo à solidariedade. “Dadas as circunstâncias neste período tão difícil, temos todos de estar ainda mais atentos e ajudar ao máximo todas as instituições e projectos que cuidam dos nossos amigos de quatro patas”, destacaram os responsáveis, para quem “o pouco faz muito”.

Os representantes da marca visitaram as instalações em Paços de Vilharigues e elogiaram a dedicação de Clara Simões.

“Apesar de muitos já serem idosos e de alguns terem problemas de saúde, são todos dóceis e brincalhões. Adoram festas e brincadeira. E é notório que estão todos muito bem tratados e que são inteiramente felizes. Uma pessoa a tratar de uma centena de animais não é fácil. Todo o amor e carinho estão lá mas também é precisa ajuda”, alertaram, prometendo, por isso, “voltar e continuar a acompanhar este trabalho exemplar”.

 


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM