VOUZELA, 22 de Fevereiro de 2024
PUBLICIDADE

Tondela quer inaugurar este ano o Museu da Estância Sanatorial no Caramulo

17 de Junho 2021

O presidente da Câmara de Tondela disse hoje à agência Lusa que quer inaugurar o Museu da Estância Sanatorial do Caramulo e Centro Interpretativo ainda este ano, uma vez que se celebra o centenário da criação desta estância.

“O nosso propósito é que tudo seja feito para que este ano fique concluída a obra do edifício histórico do antigo posto de turismo para que se instale e funcione neste espaço o Museu da Estância Sanatorial do Caramulo e Centro Interpretativo, na Serra do Caramulo”, disse José António Jesus.

Um investimento “muito próximo dos 400 mil euros”, que conta com a comparticipação de 115 mil euros, resultado de uma candidatura da Junta de Freguesia do Guardão à ADICES, e com um reforço aprovado esta semana de mais 180 mil euros da Câmara Municipal de Tondela.

“Este museu procura reconstruir o espaço físico, social, científico, a investigação, desde os primórdios do surgimento da estância sanatorial, há um século, até ao seu apogeu. Será como que uma porta de entrada de acolhimento”, considerou o presidente.

José António Jesus explicou que o espaço museológico e centro interpretativo são como que “uma visita de enquadramento àquilo que é possível encontrar na estância sanatorial” do Caramulo.

O projeto museológico, desenvolvido em parceria com a Junta de Freguesia do Guardão, e outras entidades, como, por exemplo, o Centro de Interpretação da Serra do Caramulo, “é um elemento estrutural que reforça muito a estratégia turística de atração e de capacitação do território”.

“O objetivo nuclear é capacitar e potenciar aquilo que são os ativos locais e nós queremos posicionar o Caramulo como um espaço privilegiado no âmbito do turismo tanto da saúde, da natureza e da aventura, mas necessariamente também centrado nos espaços mais emblemáticos da Serra do Caramulo, que passa muito por esta dimensão cultural”, defendeu.

Uma dimensão que José António Jesus entendeu “já hoje ser muito forte, nomeadamente com os projetos de iniciativa privada existentes, mas será enriquecido” com mais este museu e outros que se avizinham.

“O município pretende criar uma rede de museus no concelho e, em particular, no Caramulo. Alguns de iniciativa privada, que estão em desenvolvimento, e recentemente ocorreram obras quer no museu de arte, quer no automóvel, propriedade e geridos da Fundação Abel Lacerda, mas também com estes investimentos do poder local”, disse.

José António Jesus referiu ainda que o projeto de requalificação do antigo posto de turismo, para espaço museológico, vai agora a concurso, e “depois tudo dependerá da disponibilidade da empresa que ganhar” para a concretização da obra.

 


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM