VOUZELA, 12 de Abril de 2024
PUBLICIDADE

País de Gales volta a fixar quarentena obrigatória para Portugal continental

3 de Setembro 2020

O País de Gales decidiu retirar Portugal da lista de países isentos de quarentena, mas mantém os arquipélagos da Madeira e dos Açores, anunciou esta quinta-feira o ministro da Saúde do governo autónomo, Vaughan Gething. As medidas entram em vigor às 4h00 desta sexta-feira, 4 de Setembro.

“Decidi retirar Portugal continental (os Açores e a Madeira permanecerão isentos), Gibraltar, Polinésia Francesa e as ilhas gregas de Mykonos, Zakynthos, Lesvos, Paros e Antiparos e Creta da lista de países e territórios isentos”, anunciou o responsável, que disse ter considerado o relatório do Centro de Biossegurança Comum sobre os países que representam um risco para a saúde pública devido à pandemia Covid-19.

Gething explicou que “esta medida está a ser tomada devido ao grande número de casos de coronavírus importados para o País de Gales de turistas que regressam das ilhas gregas, em particular”, acrescentando que “na última semana, foram confirmados mais de 20 casos em passageiros de um voo de Zante para Cardiff”.

Esta é a primeira vez que o governo de Gales adopta restrições diferentes das de Inglaterra, determinadas pelo governo britânico. Minutos antes, o ministro dos Transportes britânico, Grant Shapps, tinha revelado que Portugal e Grécia continuam na lista de países seguros, mas avisou que a situação está a ser permanentemente reavaliada e que o governo não hesitará em “remover países se necessário”.

A decisão de adicionar ou remover um país da lista é tomada após uma análise do Centro de Biossegurança Comum, que usa como indicador principal o nível de 20 casos por 100 mil habitantes em sete dias, embora tenha em consideração outros factores, como prevalência, nível, taxa de mudança de casos positivos confirmados.

 


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM