VOUZELA, 19 de Junho de 2024
PUBLICIDADE

Operação Campo Seguro já arrancou

2 de Junho 2020

A Guarda Nacional Republicana (GNR) vai intensificar o patrulhamento nas explorações agrícolas, em todo o território nacional, com o objectivo de prevenir a criminalidade em geral e os furtos em particular, bem como possíveis situações de tráfico de seres humanos. A medida faz parte da Operação Campo Seguro 2020, que arrancou esta segunda-feira, 1 de Junho, e vai prolongar-se até ao dia 31 de Dezembro.

“Durante a operação, a GNR irá promover acções de informação e sensibilização junto das comunidades rurais, muito especialmente dos agricultores, sobre medidas de prevenção e protecção contra furtos, em particular contra o furto de cortiça, ou outros produtos agrícolas, cobre e outros metais não-preciosos”, revelou a força de segurança, em comunicado.

Outra das preocupações estará relacionada com a utilização de tractores e máquinas agrícolas, que desencadearam cerca de 700 acidentes em 2019. A GNR deixa assim algumas recomendações:

  • Não esqueça a manutenção do veículo. O seu mau funcionamento ou falta de limpeza podem causar acidentes;
  • Lembre-se que as estruturas de protecção, como o arco de “Santo António”, podem evitar a morte do condutor ou reduzir a gravidade dos ferimentos;
  • Utilize os acessórios de iluminação e sinalização, de acordo com a lei;
  • Frequente acções de formação teóricas e práticas. Conheça os riscos da condução de tractores agrícolas e circule com segurança;
  • Não conduza sob o efeito de álcool, fadiga ou com excesso de velocidade;
  • Respeite os limites do tractor. Não sobrecarregue nem transporte passageiros “à pendura”. É proibido e perigoso.

“No intuito de garantir que as diversas campanhas agrícolas decorram num clima de segurança, a GNR irá desenvolver acções de policiamento de proximidade e de fiscalização, empenhando militares de diferentes valências, nomeadamente, dos Comandos Territoriais, do Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente, da Investigação Criminal e da Unidade de Acção Fiscal. Para fazer face à criminalidade transfronteiriça, serão efectuadas acções de fiscalização em coordenação com a Guardia Civil”, pode ler-se no comunicado.


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM