VOUZELA, 12 de Abril de 2024
PUBLICIDADE

Núcleo de Lafões do “Colectivo Ultras 95” faz 19 anos

27 de Julho 2020

“São 19 anos de paixão única, de uma maneira diferente de estar no futebol”. É desta forma que Filipe Marques, fundador e presidente do Núcleo de Lafões do “Colectivo Ultras 95” resume quase duas décadas de apoio ao Futebol Clube do Porto.

A claque está a assinalar mais um aniversário e o dirigente faz um balanço positivo. “Há quem nos chame doidos mas esta é uma opção só para quem sente. É uma maneira de estar na vida”, realça, destacando os esforços que são feitos para acompanhar os craques azuis e brancos de norte a sul do país, pela Europa e mundo fora, “faça chuva ou faça sol”.

Anualmente, e embora o núcleo duro seja composto por 30 pessoas, a delegação mobiliza quase 300 pessoas, incluindo de outras regiões. “Para quem gosta de seguir o seu clube é fantástico e criam-se boas relações com outros grupos, não só em Portugal mas também fora de portas”, salienta Filipe Marques, que evidencia ainda o trabalho que tem sido feito em termos de organização e adeptos, pois ao início não havia muitos adeptos nem o “espírito de união” que se conseguiu ao longo dos 19 anos.

“O Núcleo existe para apoiar o clube no estádio. E queremos continuar a ser presentes. Além de homenagearmos os elementos já falecidos, o nosso objectivo é manter o projecto e a força que sempre nos pautou. Podemos ser poucos mas isso dá-nos força”, nota o dirigente, acrescentando que a delegação está “de portas abertas a quem partilhe esta paixão e se quiser juntar, quer seja da região de Lafões ou de outras zonas”. O contacto pode ser feito através do número 964829877.

Filipe Marques segue o FC Porto há 22 anos e esta foi a primeira vez que não assistiu à vitória do seu clube, uma vez que, em virtude da pandemia, os jogos se realizaram sem adeptos. Ainda assim, realça que “a conquista do campeonato foi a cereja no topo do bolo, por tudo o que se passa neste país”. “Embora o clube também não estivesse bem, jogámos com raça. Só foi pena o Núcleo não estar no estádio, uma vez que marcámos presença em todas as conquistas”, lamenta.

Terminado o campeonato, os olhares viram-se para a disputa da Taça de Portugal, que irá opor SL Benfica e FC Porto, no próximo sábado, dia 1 de Agosto. Na ante-visão, Filipe Marques nota que é “um jogo imprevisível com dois clubes desta dimensão”. Embora prefira “não deitar foguetes antes da festa”, a sua expectativa aponta para uma vitória “por um ou dois a zero” dos azuis e brancos.

 


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM