VOUZELA, 13 de Junho de 2024
PUBLICIDADE

Migração da TDT na região arranca hoje

10 de Setembro 2020

A partir de hoje, dia 10, arranca a migração dos emissores da rede de televisão digital terrestre (TDT) que servem a região. O primeiro a mudar é o do Caramulo, num processo que se irá prolongar até 6 de Outubro.

A ANACOM (Autoridade Nacional de Comunicações) disponibiliza uma linha telefónica de apoio gratuita (800 102 002), que funciona todos os dias entre as 9h00 e as 22h00, para a qual as pessoas poderão ligar para esclarecer dúvidas e obter apoio na sintonia da sua televisão ou do descodificador TDT. Caso não consigam fazer a sintonia dos equipamentos por si ou com a ajuda prestada através do contacto telefónico, a ANACOM agendará uma visita ao domicílio para proceder à sintonia, com técnicos seus e de forma gratuita. Nas habitações e estabelecimentos comerciais afectados pela alteração, foi distribuída uma carta com um folheto explicativo.

Nem todas as pessoas serão abrangidas por este processo. As pessoas saberão que são abrangidas pela mudança se a sua televisão ficar sem imagem. Quando o écran da televisão ficar negro apenas será necessário fazer a sintonia da televisão ou do descodificador de TDT e todos continuarão a ver televisão gratuitamente, como tem acontecido até agora.

Não será necessário substituir ou reorientar a antena, trocar a TV ou o descodificador, e ninguém terá de subscrever serviços de televisão paga. No caso dos condomínios/edifícios que tenham instalações com amplificadores mono-canal poderão ter que os substituir.

Num encontro realizado com a Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões, o vice-Presidente da ANACOM enfatizou a preocupação em evitar que as pessoas fiquem sem televisão gratuita, daí a importância de apoiar a população neste processo.

Algumas preocupações deixadas pelos autarcas na reunião prendem-se com a deficiente cobertura de banda larga, tanto móvel como fixa, numa altura em que ela se afigura essencial devido à situação de pandemia (COVID-19), para além de ser primordial para o desenvolvimento económico e social e para promover a coesão territorial. A ANACOM referiu o roaming nacional e a partilha de infra-estruturas como forma de ajudar a melhorar a cobertura das zonas do país em que ela é mais deficiente, com um menor esforço de investimento. Recordou ainda as obrigações de cobertura de banda larga móvel impostas por ocasião do Leilão Multifaixa e da renovação dos direitos de utilização de frequências dos 2100 MHz, assim como a recomendação de redução de preços da Fibroglobal como formas de melhorar as comunicações em Portugal.


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM