VOUZELA, 14 de Julho de 2024
PUBLICIDADE

Mais de 200 militares reforçam prevenção de incêndios até quarta-feira

3 de Agosto 2020

As Forças Armadas activaram esta segunda-feira, e até dia 5 de Agosto, mais cinco patrulhas diárias de prevenção de incêndios, que se juntam às 20 já no terreno desde o último sábado, num total de 210 militares.

As 25 equipas, 19 do Exército e seis da Marinha, estão a reforçar as acções de vigilância terrestre e patrulhamento em 16 distritos de Portugal Continental, em apoio à Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC).

O “significativo agravamento do risco de incêndio rural” levou o Governo a decretar no domingo a situação de alerta em Portugal continental, que se mantém até às 23h59 de terça-feira, e proíbe queimadas, uso de fogo-de-artifício ou de qualquer outra pirotecnia e o acesso e circulação em espaços florestais “previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios”, entre outras restrições.

A ANEPC colocou os distritos de Santarém e Faro em alerta de prontidão de nível vermelho e em alerta laranja quase todo o restante território, à excepção dos distritos do Porto, Braga e Viana do Castelo, que estão com o nível amarelo.

As temperaturas vão subir gradualmente ao longo da semana na região de Lafões, chegando aos 38,3 graus em São Pedro do Sul na sexta-feira e muito perto disso em Vouzela (37,8), segundo as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Este último concelho está com risco muito elevado de incêndio até quarta-feira, passando a máximo na quinta e sexta. Oliveira de Frades mantém o risco muito elevado até sexta-feira e São Pedro do Sul passa nesse dia para o nível máximo.

 

 


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM