VOUZELA, 12 de Abril de 2024
PUBLICIDADE

José Rui Cruz venceu as eleições para a distrital de Viseu do PS

20 de Julho 2020

José Rui Cruz é o novo presidente da distrital do PS de Viseu com 1164 votos, contra os 1036 do adversário João Paulo Rebelo, actual secretário de Estado do Desporto, nas eleições de sábado, cujos resultados foram confirmados este domingo.

Dos cerca de 2700 inscritos nos cadernos eleitorais, 2230 foram votar, sendo que 1164 (52%) votaram na Lista A, presidida por José Rui Cruz; 1036 (46%) na Lista B, liderada por João Paulo Rebelo; 16 votos foram em branco e 14 nulos.

Do total de 24 concelhos do distrito, José Rui Cruz venceu em oito e João Paulo Rebelo em 16.

 

Perfil

Natural de Santa Comba Dão, José Rui Cruz, 53 anos, é licenciado em Enfermagem e tem dedicado a sua vida ao mundo empresarial. Foi eleito deputado, pelo PS, na Assembleia da República na XI legislatura e regressou na XIII até aos dias de hoje e era vice-presidente da distrital do PS liderada até à data por António Borges.

Foi delegado Regional do Instituto Português da juventude (IPJ) Viseu entre 2005 e 2007 e subdiretor Regional do Centro da instituição de 2007 a 2009.

 

Reacções

“Do que tenho memória, foi uma grande afluência às urnas, talvez das maiores de sempre com cada uma das duas listas a ter mais de mil votos, o que não é normal”, elogiou o presidente eleito José Rui Cruz que atribuiu o feito ao facto de “serem duas listas e os candidatos serem bastante empenhados na procura da vitória”.

Para este mandato, José Rui Cruz considera as eleições autárquicas “um dos maiores desafios” uma vez que, nas mãos assume a responsabilidade de “conquistar câmaras ao PSD” e também “algumas que já são socialistas, mas que é preciso saber gerir para que se mantenham” no partido.

“Há um conjunto de desafios muito grande e é preciso ter muita sensibilidade para gerir bem este ciclo eleitoral autárquico que é um desafio enorme para os partidos”, considerou, lembrando que, atualmente, o PS tem 11 das 24 câmaras, tantas como o PSD, e as outras duas são geridas por movimentos independentes.

Sem querer assumir uma meta para as eleições, José Rui Cruz admitiu que uma das grandes apostas é conseguir Mortágua e Penedono, “sendo que as outras estão ainda em segredo”.

A Câmara de Viseu, com o candidato João Azevedo, o único conhecido até agora, “foi tratada pela direção nacional e os dois candidatos a estas eleições distritais acordaram e assumiram o compromisso de o apoiar”.

Já João Paulo Rebelo assumiu que “satisfeito não podia estar”, uma vez que entrou nas eleições para ganhar, mas “ganhar em 16 dos 24, significa uma vitória em dois terços dos concelhos e é significativo e é bom e é um resultado honroso”.

“É um resultado que indica que alguma coisa tem de mudar no PS de Viseu, mas o partido estará sempre unido nas contendas futuras fora do partido. Estarei sempre do lado do PS e agora estamos todos unidos no PS para os desafios futuros como são as eleições autárquicas”, assumiu o também secretário de Estado do Desporto.

 

*Com Lusa


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM