VOUZELA, 20 de Abril de 2024
PUBLICIDADE

Cinco politécnicos do Centro juntos no exame de acesso a alunos do profissional

21 de Maio 2020

Cinco institutos politécnicos da região Centro formaram um consórcio que vai permitir aos estudantes do ensino profissional e artístico utilizar a mesma prova específica de acesso naquelas instituições, anunciou o Politécnico de Coimbra (IPC).

O consórcio reúne, além do instituto de Coimbra, os politécnicos de Castelo Branco, Guarda, Tomar e Viseu.

Em nota enviada às redacções, o IPC explica que o exame de acesso comum incide sobre o concurso especial de ingresso no ensino superior “para titulares dos cursos de dupla certificação do ensino secundário e dos cursos artísticos especializados”.

No documento, Jorge Conde, presidente do Instituto Politécnico de Coimbra, explica que a solução preconizada pelo novo consórcio vai permitir a um aluno “fazer apenas uma prova de acesso na instituição mais próxima da sua área de residência e candidatar-se a todos os institutos politécnicos da região que abrirem vagas para os concursos especiais de acesso ao ensino superior”.

“Pretende-se facilitar o acesso ao ensino superior por parte destes estudantes”, nota o responsável.

Jorge Conde realça que, a nível nacional, as ofertas educativas e formativas de dupla certificação, escolar e profissional, do ensino secundário, conferentes do nível 4 do Quadro Nacional de Qualificações “são actualmente responsáveis por cerca de 45% dos alunos que frequentam o ensino secundário”.

Os exames regionais para os estudantes do ensino profissional ingressarem no superior estão previstos decorrer no mês de Setembro, refere a nota.

“A solução de um consórcio de Politécnicos, que já era conhecida para a região Norte e para a região Sul, será o passo possível para o ano lectivo 2020/2021, estando no horizonte uma solução de âmbito nacional para o ano lectivo 2021/2022”, adianta Jorge Conde.

A nota acrescenta que o consórcio agora criado na região Centro “poderá ainda integrar o Politécnico de Leiria, que tem pendente a sua decisão”.

“Por definir estão as áreas científicas nas quais as instituições pretendem lançar o concurso”, refere.


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM