VOUZELA, 14 de Julho de 2024
PUBLICIDADE

CIM VDL integra projecto europeu para mitigar efeitos das alterações climáticas

21 de Agosto 2020

A Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões integra o projecto europeu LIFE NIEBLAS, que visa mitigar os efeitos das alterações climáticas no Sul da Europa e regiões ultra-periféricas da União Europeia.

A iniciativa aposta na utilização de protótipos de colectores de neblina, que permitem a recuperação de aquíferos e a consolidação de áreas florestais, dado que proporcionam uma irrigação regular, facilitando assim o crescimento sustentado do coberto vegetal.

A CIM Viseu Dão Lafões vai promover a reflorestação de algumas zonas afectadas por incêndios, com espécies autóctones, usando os referidos colectores, o que vai permitir “a recuperação sustentável de florestas e aquíferos locais, reforçando dessa forma a resiliência dos ecossistemas de Viseu Dão Lafões”, refere a CIM em comunicado.

O processo, aliado a novas metodologias de reflorestação, é conhecido por melhorar a capacidade de infiltração de água no subsolo e reduz a evapotranspiração, revertendo ou desacelerando o processo de desertificação. Além disso, traz ganhos significativos ao nível da eficiência energética e rentabilidade económica, em contraste com as práticas tradicionais de reflorestação.

Para o secretário executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, este projecto, associado a outros que a entidade promove, como os Life Landscape Fire e Climalert, tem “um grande simbolismo”, “na medida em que permite afirmar a nossa região, em termos europeus, como um território  pró-activo no desenvolvimento e testagem de soluções piloto”, com benefícios ao nível do “combate aos efeitos das alterações climáticas e na protecção da biodiversidade.

O LIFE NIEBLAS, que começou nas Ilhas Canárias, tem um horizonte temporal de 36 meses e uma dotação orçamental global de aproximadamente 2.25 milhões de euros, sendo financiado pelo Programa para o Ambiente e a Acção Climática (LIFE).

O projecto vai ser desenvolvido no âmbito de uma parceria liderada pela empresa pública espanhola Gesplan – Gestión y Planeamiento Territorial y Medioambiental, S. A e que inclui ainda a Cabildo de Gran Canária, o Instituto Canario de Investigaciones Agrarias (ICIA), o Instituto Tecnológico de Canarias, o Universidad de La Laguna, a Heredad de Aguas de Arucas y Firgas e o Centro de Investigación Ecológica y Aplicaciones Forestales de Cataluña.


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM