VOUZELA, 12 de Julho de 2024
PUBLICIDADE

Aprovadas moções da CDU pela reabertura da USF Lafões até à meia-noite

8 de Julho 2020

A CDU conseguiu aprovar, nas últimas Assembleias de Freguesia de Pinheiro de Lafões e São João da Serra, as moções que pediam a reabertura do atendimento complementar da USF Lafões, suspenso devido à pandemia.

“Das inúmeras condicionantes implementadas devido à COVID-19 na USF Lafões, para além dos utentes terem de aguardar à porta do edifício do centro de saúde para serem atendidos, o horário alargado e o atendimento complementar foi suspenso, tendo a população de Oliveira de Frades ficado sem um serviço de saúde diariamente até às 24 horas”, refere a CDU em comunicado, acrescentando que “embora tenha sido anunciado pelo Governo a retoma assistencial das unidades de saúde, no caso de Oliveira de Frades essa retoma traduziu-se apenas na reabertura, a 6 de junho, do atendimento na USF Lafões aos sábados até às 16.00 horas. Todavia, o horário alargado e o atendimento complementar ainda não foi reposto pelo que tal situação condiciona e limita o acesso dos utentes aos serviços de saúde”.

Recentemente, o Presidente da Câmara Municipal de Oliveira de Frades, Paulo Ferreira, adiantou que o serviço vai continuar suspenso pelo menos enquanto vigorarem as restrições decorrentes da Covid-19, devido ao “histórico de procura de serviço” da unidade e à “falta de recursos humanos” para cumprir os critérios de segurança e higiene definidos pelas autoridades.

Limpezas e melhoria de estradas

Para além deste assunto, na Assembleia de Freguesia de Pinheiro a CDU insistiu na necessidade de intervir ao nível da drenagem das águas pluviais, no corte da vegetação, na limpeza das valetas, no desentupimento de manilhas e aquedutos, na manutenção dos caminhos agrícolas e florestais, “a maioria praticamente intransitáveis”, e na na melhoria de várias estradas esburacadas.

A força política lamentou ainda que, passados quase três anos sobre os grandes incêndios de 2017, ainda existam “postes de telefone da MEO que se encontram no chão e permanecem também inúmeras árvores ardidas ao alto, em risco de queda, que comprometem a segurança de quem circula nestas vias”.

Os caixotes do lixo sobrecarregados foram outro dos temas levantados pela CDU, tanto nesta Assembleia como na de São João da Serra. Aqui, a força política notou que tal situação verifica-se desde que a Câmara Municipal privatizou a recolha de resíduos, “degradando ainda mais este serviço prestado às populações”.

A CDU alertou também a Junta de Freguesia para os sobrantes e outro material lenhoso que são deixados pelos madeireiros no meio dos caminhos e nos improvisados estaleiros de madeira junto às vias, os quais para, além das questões visuais, podem até colocar em causa a segurança de quem por aí circula. “Esta actividade é importante para a freguesia, no entanto deve ser realizada de forma a não condicionar o espaço público e a comprometer a segurança”, sublinha a força política.


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM