VOUZELA, 28 de Setembro de 2022
PUBLICIDADE

Acidentes por picadas ou mordeduras

9 de Agosto 2022

Em Portugal, tal como noutros países, existe uma grande diversidade de espécies de animais venenosos que produzem toxinas específicas, que uma vez inoculadas no organismo podem causar várias reações alérgicas ou acidentes, por vezes letais, constituindo um grave problema de saúde pública. São caracterizados por uma grande diversidade quer em meio rural ou em meio marinho e podem ser causados por:

– Serpentes, centopeias, aranhas, insetos, abelhas, peixe aranha, caravelas, alforrecas, ouriços-do-mar, escorpiões e muitos outros.

Quando somos picados a primeira reação é a de dor seguida ou não por uma reação de hipersensibilidade devido às substâncias tóxicas contidas no veneno. Há picadas ou mordeduras de animais que podem originar um quadro clínico grave. No caso da abelha as reações alérgicas podem surgir na sequência da picada a nivel local e caracterizam-se por dor intensa, calor, comichão, vermelhidão. Noutros casos podem surgir reações a nível geral, que se caracterizam por erupção da pele, inchaço, cefaleias, febre, hemorragias, dificuldade respiratória, dor no peito podendo ocorrer choque anafilático.

Em Portugal, os dados mais recentes do Centro de Informação Antivenenos (CIAV) do INEM não revelam a existência de casos de morte. No entanto existem medidas que devemos adotar como por exemplo: identificar o animal e remover o ferrão o mais depressa possível e espremer a zona atingida de forma a extrair a maior quantidade de veneno.

No caso de se tratar especificamente de uma picada por um animal marinho tipo (peixe aranha) recomenda-se a colocação do pé durante 30 minutos em água quente (40º), para que o veneno se decomponha com o calor.

A aplicação de compressas de gelo ajudam a aliviar a sensação de comichão, pois promovem um efeito analgésico e diminuem o inchaço. É recomendado aplicar uma solução anti-séptica na região afetada e não coçar, pois as bactérias removidas pelas unhas podem causar infecção. As pessoas alérgicas devem sempre levar consigo um anti-alérgico, pomada corticoide e uma injeção de adrenalina, prescritos por um médico e em caso de nescessidade, recorrer ao serviço de urgência. Deve usar-se calçado e luvas nas atividades rurais e de jardinagem, examinar e sacudir calçado e roupas pessoais e de cama, usar roupas que cubram bem o corpo, de preferência de cores claras.

Época de férias é sinónimo de calor praia, descanso e outros prazeres. Desfrute, mas em segurança. Colabore com o INEM. Juntos, podemos salvar vidas!

Celeste F. Santos – UCC Lafões


Todos os direitos reservados • Notícias de Vouzela

Praça da República, 17 3670 – 245 Vouzela

Powered by DIGITAL RM